Vídeo Marketing já não é mais futuro, é o presente!

Home / Marketing / Vídeos / Vídeo Marketing já não é mais futuro, é o presente!

Vídeo Marketing já não é mais futuro, é o presente!

Nosso cenário digital se aperfeiçoa cada vez mais na arte de tirar proveito das novas tecnologias, assim como da imensa variedade de ferramentas que surgem, irresistíveis aos olhos do consumidor. Em plena era da Web 2.0, a comunicação em vídeo se tornou indispensável para atrair o interesse dos clientes.

O desafio é dos maiores. Porque se as possibilidades são muitas, a concorrência também é vasta! Para se destacar no mercado, para se diferenciar e conseguir chamar a atenção do público, você precisa se estruturar e se capacitar. Estar à altura das demandas.

Vídeos podem ser o seu melhor aliado. Podem carregar com eles conteúdo de qualidade, transmitido de forma atraente, dinâmica, interativa. Podem fazer a diferença que você tanto busca.

Tudo ao mesmo tempo agora

Principalmente para aqueles que estão “chegando atrasados”. Aqueles que correm atrás do trem da história, o conselho pode ser ainda mais oportuno: não percam mais tempo. Apostem nos vídeos como arma poderosa no planejamento das suas estratégias de marketing. É preciso ir direto ao ponto!

Porque quem pensava que conteúdos em vídeo só iriam se estabelecer em um futuro distante, certamente já descobriu que estava totalmente enganado. O marketing digital veio com tudo para cima das mídias tradicionais, e tem confirmado continuamente o que quase todo mundo já sabe: sem vídeos, tudo fica muito mais difícil na disputa por um lugar ao sol.

A cada dia, os consumidores querem receber conteúdos (informações, notícias, ofertas de produtos e serviços) da maneira mais prática possível. Se o processo fluir de um jeito agradável, que possibilite uma espécie de imersão no que se consome, melhor ainda – para quem está de um lado, e para quem está do outro.

Você consegue pensar em algo melhor que vídeos para cumprir essa tarefa?

Sinergia entre empresas e clientes

Conforme levantamento da Exame.com, modelos mais convencionais de fazer campanhas de marketing não param de perder terreno para o chamado marketing de envolvimento. Um número cada vez maior de empresas investe nesse novo modelo, que atrai as pessoas ao contar histórias, promover discussões e abordar necessidades e interesses dos clientes. A intenção é construir um relacionamento mais próximo, até mesmo afetivo, entre consumidores e produtos ou marcas.

E não é só isso. Com os vídeos, as possibilidades de segmentação também são enormes. Ao compartilhar seu conteúdo nas redes sociais ou em aplicativos de mensagens, as informações atingem seu público-alvo, mas também podem alcançar públicos paralelos.

Enfim, isso já seria um tipo de bônus, com o qual não se deve contar. O mais importante, nesse âmbito da estratégia corporativa, é tentar compreender a mente. Ou melhor, o desejo do nosso “cliente ideal”. Produzir vídeos com base no que ele quer ver, consolidando gradualmente uma relação de maior proximidade e confiança. Parceria que tende a gerar excelentes frutos.

Para quem ainda tem dúvidas

Pense nisso: um minuto de vídeo pode equivaler a 1,8 milhão de palavras! Com essa informação, fica mais fácil mensurar o alcance que essa ferramenta pode ter sobre as pessoas, não é?

E um pensamento leva a outro: quanto tempo você levaria para ler e assimilar 500 palavras? Mais, ou menos que um minuto? E para dar conta de 5.000? E o que dizer de 1,8 milhão de palavras?! Quanto tempo de leitura?

Tudo bem, não temos tempo para pensar nisso. Melhor focar na concisão do nosso produto audiovisual, que preferencialmente deve ser curto, em sintonia com a vida corrida da maioria dos espectadores/clientes.

E curto não quer dizer, obrigatoriamente, com pouca informação. O potencial é imenso, muita coisa pode caber ali. Basta usar o poder de síntese e principalmente a imaginação. Quando a gente vê, o vídeo já passou… Mas deu para dizer muuuita coisa!

Na teoria e na prática

E aí, já está planejando o conteúdo do seu próximo – ou primeiro – vídeo? Então dê uma olhada nessas dicas, elas podem ajudar:

  • Faça vídeos realmente interessantes: para melhor aproveitar o tempo reduzido que temos, defina seu público-alvo e foque em soluções para ele. Tente trabalhar da melhor maneira o conteúdo do vídeo, para que ele se torne atrativo e envolvente para quem está assistindo.
  • A primeira impressão é a que fica: nunca se esqueça que qualquer vídeo precisa impressionar logo de cara – senão, é grande a chance do usuário “mudar de canal”. Já está comprovado: o que vai prender o espectador são os primeiros três segundos! Por isso, se você souber conquistá-lo nesse tempo, com aquela abertura impactante, na medida, a probabilidade de que seu produto seja assistido até o fim aumenta significativamente.
  • Vídeo multimídia: pense que o vídeo deve ser produzido para rodar bem em múltiplas plataformas – tanto no seu site quanto na página do Facebook, por exemplo. Esta é uma forma de baratear seus custos e atingir públicos que utilizam diferentes mídias. A opção do YouTube sempre deve ser levada em conta, assim como a publicação de um teaser antes do lançamento. Mas o mais importante é a qualidade do seu vídeo, o poder que ele vai demonstrar de atrair e conquistar o interesse e o coração das pessoas.
  • Pense no melhor formato para sua mensagem: existem diversas formas de explorar o conceito do seu vídeo. Depois da definição do público-alvo, é interessante pensar de que maneira você vai conseguir entrar na mente do cliente – e permanecer lá! Por exemplo, com o depoimento de alguém que já adquiriu o seu produto ou serviço? Recorrendo às consagradas técnicas do storytelling? Ou será um vídeo com humor? Vídeo didático, mas ao mesmo tempo interativo? Esses são alguns dos formatos mais usados. Provavelmente você só vai escolher por onde ir à medida que definir sua estratégia e traçar seu planejamento – de preferência, contando com a ajuda de quem entende de vídeos!

Qual o melhor formato para você?

Já descobriu que caminho seguir?

Reflita, pondere, promova debates – e decida!

Decidiu? Execute! Da maneira mais criativa e certeira que você puder.

Recommended Posts

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search

Relacionamento com o cliente online: 4 dicas para seu ecommercevídeos são os novos textos