Mobile commerce: site responsivo ou aplicativo?

Home / Estratégia para Ecommerce / Evoluir Loja Virtual / Mobile commerce: site responsivo ou aplicativo?

Mobile commerce: site responsivo ou aplicativo?

O número de brasileiros que acessam a internet pelo celular já é maior do que aqueles que se conectam pelo computador — 92,1% dos domicílios brasileiros realizam o acesso por dispositivos móveis, enquanto 70,1% usam notebooks e desktops, segundo o IBGE. São mais de 100 milhões de pessoas online, ou seja, mais de 100 milhões de oportunidades de venda tanto para o e-commerce convencional quanto para o mobile commerce.

O mobile commerce ou m-commerce diz respeito às transações de compra e venda realizadas no ambiente virtual por meio de dispositivos móveis. E, para estar preparado para atender os consumidores que acessam a loja virtual por esses canais, é necessário ter uma solução que se adéque às necessidades do negócio.

Surge, então, uma pergunta importante: site responsivo ou aplicativo? Qual é a melhor estratégia? Saiba mais!

O que é site responsivo?

Trata-se um site que apresenta design e funcionalidades responsivas, ou seja, que possuem uma codificação que permite adaptar seu funcionamento tanto para os computadores convencionais como também para dispositivos móveis.

Sites responsivos se adaptam a qualquer tamanho de tela e ao tipo de internet em que o consumidor acessa o seu conteúdo. Isso acontece porque muitos usuários podem usar o 3G e o desempenho do site deve obedecer a isso. Em outras palavras, o site precisa ter carregamento rápido mesmo com acesso 3G.

Veja também:

mobile first

Mobile First: A Nova Estratégia para Criar Sites

E aplicativo mobile commerce?

O aplicativo mobile se assemelha ao site responsivo, adaptando-se às condições do aparelho — como a resolução da tela. A diferença fica por conta da programação, que deve ser desenvolvida para que o site entenda de onde vem o acesso, entregando apenas a versão móvel para o usuário.

Em alguns casos, o aplicativo mobile exige a instalação no sistema, oferecendo funções específicas.

Quais são os prós e contras de cada um?

Cada solução apresenta seus prós e contras. Vamos às principais!

Sites responsivos

Prós

  • Só é possível desenvolver um site que será usado em diferentes plataformas.
  • O e-commerce utiliza apenas uma URL.
  • Facilita a otimização.
  • Menores custos para redesenhar ou criar um site do zero.
  • Os buscadores dão preferência por sites responsivos.

Contras

  • Maiores custos — financeiros e tempo — relacionados à usabilidade.
  • Escassez de mão de obra técnica para criação e manutenção.

Aplicativo mobile

Prós

  • Apresentam maior velocidade por estarem em um servidor específico.
  • Menor custo para criação de versões móveis, já que não é preciso redesenhar site.
  • Entrega de resultados diferenciados em buscas orgânicas.

Contras

  • É necessário ter uma URL diferente.
  • As manutenções podem ser feitas em dois sites e não só em um.
  • Pode não ser compatível com todos os dispositivos móveis.

Veja também:

inteligencia artificial no ecommerce

Inteligência Artificial no Ecommerce

Qual é a opção mais interessante para seu mobile commerce?

Em linhas gerais, um app pode ter um desempenho melhor do que um site responsivo, uma vez que pode agregar recursos disponíveis no aparelho. O que seria mais difícil de se utilizar no site responsivo, uma vez que ele se limita às disponibilidades do navegador.

As empresas maiores costumam oferecer as duas opções, pois muitos usuários ainda são resistentes a baixar um aplicativo. Se esse for o caso do seu negócio, o ideal é ter um app que rode no navegador — sim, há essa possibilidade!

Aqueles consumidores que costumam baixar o aplicativo tendem a apresentar uma visitação com maior frequência. Trata-se de um público que precisa de atenção e condições especiais — como descontos, facilidade no frete, etc. Já para quem consulta um produto esporadicamente, é mais cômodo usar o site mobile. Por isso, muitas companhias adotam as duas opções.

Caso não possa desenvolver as duas opções, o ideal é fazer uma análise do comportamento do consumidor e a possibilidade de incluir ofertas especiais a quem baixar o app. Se a maioria dos seus clientes têm hábitos mais estreitos, o ideal é o aplicativo. Entretanto, se o acesso dele for mais esporádico, a melhor alternativa é o site responsivo. Avaliar qual a melhor opção será determinante para a estratégia de venda do seu mobile commerce!

Gostou do post de hoje? Então, não perca tempo e descubra como melhorar a sua estratégia de vendas!

Veja também:

estrategia de marketing digital para ecommerce

Estratégia de Marketing Digital: 5 fatores para considerar

Redação Portal do Ecommerce
Redação Portal do Ecommerce
A Equipe do Portal do Ecommerce é formada por especialistas em estratégias digitais, marketing, vendas e conteúdo.
Recommended Posts

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search

plataforma de ecommerce deve ter5 tendencias ecommerce 2017